notíciasCidade

22 mil podem perder Bolsa Família

13/09/2017 9:41 AM / Eurico Cruz / Atualizado em 13/09/2017 9:41 am

A vereadora e ex-secretária de Assistência Social, Genilda Bernardes (PT), acusou a atual gestão de omissão no recadastramento de famílias do programa Bolsa Família e disse que o índice municipal está abaixo da média nacional, o que pode resultar no cancelamento do pagamento a 22 mil famílias.

A petista apresentou um relatório do governo federal no qual afirma que existe uma estimativa de 99.470 famílias com renda de até meio salário mínimo e que deveriam estar cadastradas para possivelmente receber o benefício.

A taxa de atualização cadastral de Guarulhos é de 68,43%, enquanto que a média nacional é de 73,16%. A ex-secretária ressaltou ainda que existia uma verba de mais de R$ 900 mil, em março, que deveria ter sido utilizada para a ação do Busca Ativa, que encontra famílias em situações de pobreza. “Eles não estão atualizando os dados”, disse.

Líder do Governo, Eduardo Carneiro (PSB) disse que a vereadora está errada e que trará os dados na próxima sessão.

SiteLock