notíciasDestaque Espetáculos

Club Jerome mantém vivo o espírito baladeiro de 80 e 90

05/10/2017 10:05 AM / Da Redação / Atualizado em 09/10/2017 10:21 am

Recuperar a cultura dos pequenos clubes, que, nas décadas de 1980 e 1990, eram essencialmente frequentados por amigos e que primavam, sobretudo, pela música eletrônica de qualidade. Essa é a proposta do Jerome, casa noturna na região central que está completando um ano de intensa atividade. A baladinha é fruto do trabalho de Cacá Ribeiro, um dos grandes nomes da noite e da produção de eventos no Brasil, e de Rodrigo Mussolino, sócio-fundador da Gestora de Recursos Moka.  Também fazem parte da sociedade Fernanda Mussolino e Victor Campos.

“O Jerome é um cara jovem, que gosta de curtir a noite, e tem a cabeça aberta. Ele já viajou bastante, é inteligente e charmoso, mas está longe de ser pretensioso”, explica Cacá Ribeiro, sobre o personagem que dá nome ao clube.

O leitor que quiser entrada vip e, além disso, ganhar um drink “na faixa”, entre às 21h e às 22h30, deve acessar o link https://goo.gl/GHhHKK – os mimos valem para a festa “Pra Cima de Moi”, que ocorre no domingo, 8, a partir das 21h, com os DJs Gláucia ++, Nicolas Abe e Fernando Peixoto.

Com capacidade para acomodar confortavelmente 250 pessoas, o espaço funciona quartas-feiras, às 23h, e às quintas, sextas e sábados, a partir das 23h30. “A programação é pautada em diversas vertentes da música eletrônica, da house music ao techno, abrindo espaço para os grooves e hip hop, soul, funk e disco com algumas residências fixas”, completou Ribeiro. A carta de bar é assinada pelo mixologista (especialista em combinar ingredientes na produção de drinks) Fabio La Pietra. E o Club Jerome foi eleito em 2016, pelo Guia Folha, da Folha de S.Paulo, como o melhor clube do ano. Pela cabine da casa já passaram os principais nomes da música eletrônica do País.

Pluralidade – Vertentes da música eletrônica (Foto: Divulgação)

Coração de neon – Decoração é um dos destaques do Club Jerome (Foto: Divulgação)

O Club Jerome fica na Rua Mato Grosso, 398, Consolação, na Região Central de São Paulo, e conta com capacidade para 250 pessoas.

Formas de pagamento: Dinheiro, débito e crédito nas bandeiras Visa, Master e Amex. O local não aceita cheque. O leitor que quiser entrada vip para o dia 8 de outubro, e, além disso, ganhar um drink “na faixa”, entre às 21h e às 22h30, basta acessar o link https://goo.gl/GHhHKK

Censura: 18 anos – indispensável apresentação do RG na entrada

Telefone: (11) 2614-6526

Chapelaria gratuita, ar-condicionado e serviço de valet

Para conferir as novidades da casa, acesse suas redes sociais: https://www.facebook.com/clubjerome e o Instagram @club.jerome.

SiteLock