notíciasCidade

FGTS inativo gera reação no varejo dos eletrônicos

24/04/2017 10:25 AM / Raphael Pozzi / Atualizado em 25/04/2017 12:13 pm

A liberação do saque do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) gerou uma reação imediata no varejo de eletrônicos. Houve aumento de 48% nas vendas de videogames em março. Já em abril, o índice chega a 96%. A comparação é com o mesmo período do ano passado e o levantamento foi realizado pelo Zoom.

Em segundo lugar, ficaram os notebooks, com crescimento de 33% nas buscas em março e 88% em abril. Por fim, os smartphones tiveram aumento na procura de 37% no terceiro mês do ano e 80% no quarto.

Com duas lojas na cidade, Ademir Lopes sentiu diferença nas vendas na RA Games entre fevereiro e março deste ano. O segundo mês do ano, de acordo com ele, foi o pior da empresa. “Houve uma reação em março, mas nada que nos deixe animados ainda”, afirmou. A comparação com o período antes da crise econômica nem é cogitada. “O ideal é que cheguemos perto disso, mas está bem difícil”, contou.

Segundo o dono da Mais Games Solutions, Magnilson Mendes, as vendas também aumentaram por lá. “Acredito que tenha sido em torno de 10 a 20% em relação a fevereiro”, disse.

Na Rocklaser Games, do Parque Shopping Maia, o movimento foi o contrário. “Janeiro foi um dos melhores meses pra gente. Agora março e abril estão sendo bem negativos. Acho que o pessoal pegou o dinheiro e pagou dívida”, afirmou o funcionário Junior.

Oportunidade – Jovens têm aproveitado recursos a mais do FGTS inativo para comprar vídeogames (Foto: Beto Martins)

Preço dos consoles segue “salgado”

O valor dos dois principais consoles dessa geração varia de acordo com o armazenamento e acompanhamento de assessórios. No entanto, em uma busca na internet, o Playstation 4 de 500 GB custa R$ 1.185 nas redes de varejo Submarino, na Americanas e no Shoptime. Nas mesmas lojas, o Xbox One sai por R$ 1.299.

“Esse dinheiro extra fez com que o poder de compra do consumidor aumentasse e, para que o investimento dos recursos seja feito de forma consciente, ainda é necessário pesquisar preços e informações sobre os itens desejados”, afirmou Thiago Flores, diretor executivo do Zoom.

SiteLock