notíciasCidade

Flamengo vence, mas cai para a 4ª Divisão estadual

06/04/2017 9:20 AM / Raphael Pozzi / Atualizado em 07/04/2017 9:55 am

Pela 1ª vez na História, o Flamengo de Guarulhos cai para o fundo do poço do Paulista. Com a combinação de resultados de ontem, o Corvo confirmou o rebaixamento que os torcedores esperavam.

O time de Guarulhos até venceu a partida. Em visita ao Marília, a equipe jogou bem e segurou os 2 a 1 no placar. Mas o empate entre Portuguesa Santista e Osasco decretou o pior momento da História do Rubro-Negro. Assim, eles chegaram a 22 pontos, mas têm sete vitórias, contra as seis que o Fla ainda pode atingir. Esse é o 1º critério de desempate.

O desempenho dentro de casa foi um dos fatores que ajudaram a decretar a queda: em nove rodadas no Estádio Antônio Soares de Oliveira, o Flamengo perdeu cinco, empatou duas e venceu só duas. Dois resultados que praticamente sacramentaram o rebaixamento foram o empate contra a Catanduvense, pior time do campeonato, e a derrota por 2 a 1 contra o Independente de Limeira, que estava na penúltima colocação.

“Rebaixar um time é um sentimento muito triste, resta terminar esses jogos com profissionalismo e honrar a camisa do Flamengo”, afirmou o goleiro Wagner Asmir, que está machucado.

Demorou – Garra contra o Marília poderia ter ocorrido antes na Série A3 (Foto: Edio Junior / Folha da Manhã)

Demorou – Garra contra o Marília poderia ter ocorrido antes na Série A3 (Foto: Edio Junior / Folha da Manhã)

Demorou – Garra contra o Marília poderia ter ocorrido antes na Série A3 (Foto: Edio Junior / Folha da Manhã)

Delgado é irônico e Fahel admite culpa

“Agora não tem como eu te responder algo sobre esse time. Estou fora desde a 3ª rodada”, disse exaltado o técnico Rogério Delgado, que montou o elenco para a disputa do Paulista. “Não vou falar de algo que passou. Essa conversa tinha que ser feita logo quando eu saí. Agora não dá mais”, afirmou. “Pergunta pro Fahel o que não deu certo”.

A reportagem conversou também com Fahel Júnior, treinador que ficou desde a 5ª até a 13ª rodada. “A maioria dos pontos que o time conseguiu foi comigo no comando”, explicou. “O Flamengo foi montado errado, com uma faixa de idade muito alta. Além disso, demoraram pra iniciar os treinamentos, começaram só em janeiro. Todo o planejamento foi equivocado e isso dificilmente dá certo.”

Torcedores reclamam de planejamento

Segundo o jornalista e torcedor do Flamengo Guilherme Gomes, que acompanha o Flamengo há quase dez anos, houve uma sequência de decisões equivocadas. “O time começou a treinar em janeiro, enquanto os rivais já tinham elencos em treinamento desde o meio de novembro”, argumentou. “Outro erro que deve ser citado, e talvez seja o principal, é o de avaliação na contratação de alguns jogadores: eles trouxeram muitos jogadores experientes, já com idade avançada”, opinou.

Outro torcedor, Eduardo Gomes de Moura, que tem até uma tatuagem com o escudo do time, tem receio do futuro. “Nem sei como vai ser daqui pra frente. Na verdade, tenho medo que o Flamengo acabe”, afirmou.

SiteLock