notíciasCidade

Governo realiza reunião com ex-comissionados

06/07/2017 9:47 AM / Eurico Cruz / Atualizado em 06/07/2017 9:47 am

Os ex-comissionados demitidos na gestão anterior, por conta da irregularidade de seus cargos, voltam a se reunir nesta quinta-feira, 6, com representantes do Governo, na Secretaria de Justiça, no Centro, para tratar da questão das verbas rescisórias que não foram pagas pelo prefeito.  Guti (PSB) alega não ter segurança jurídica para fazer os pagamentos.

O principal objetivo do encontro é tentar marcar uma reunião junto ao Tribunal de Justiça de São Paulo, com o intuito de que os desembargadores, ou mesmo o presidente do órgão, deem um parecer sobre a legalidade de pagar as rescisões. A possível conciliação foi iniciada após vereadores da base aceitarem intermediar negociações junto à Prefeitura.

“Nós estamos fazendo o que está ao nosso alcance, mas quem tem a caneta é o prefeito. Ele quer segurança jurídica para poder pagar”, disse Eduardo Carneiro (PSB), líder do Governo no Legislativo. Guti se ampara em dois pareceres contrários ao pagamento – um deles do Ministério Público Estadual – para não quitar os débitos com os ex-servidores.

Do outro lado, a vereadora Genilda Bernardes (PT) chegou a dizer que esteve em reunião no TJ-SP, na qual o desembargador Sales Rossi disse que Guti podia ser alvo de improbidade por não quitar esta dívida.

SiteLock