notíciasCidade

Guti mantém consulta à Câmara em concessões

06/10/2017 12:45 PM / Eurico Cruz / Atualizado em 06/10/2017 12:45 pm

O prefeito Guti (PSB) decidiu atender ao pedido da base parlamentar e retirar do projeto 4865/17 o parágrafo que permitia que a Prefeitura incluísse, por meio de decreto, qualquer serviço ou bem público no pacote de itens que podem ser concedidos ou privatizados sem a necessidade de consultar os vereadores. “Nós pedimos e ele atendeu. Era uma ação que diminuiria o poder da Câmara”, explicou o vice-líder de Governo, Geraldo Celestino (PSDB).

Ainda assim, o projeto é alvo de protestos por parte do Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública Municipal (Stap) e da Oposição, que entendem que a lei desmonta o funcionalismo público e dá um cheque em branco ao prefeito.

A proposta deve ser votada na segunda-feira, 9, em sessões extraordinárias, junto com outros projetos do Executivo e a reestruturação do quadro de funcionários. Embora admita a derrota, a Oposição pretende continuar a briga.

“Nós vamos obstruir a sessão. Mesmo se a base aprovar o projeto nós vamos levar esta discussão para a população”, disse Genilda Bernardes, vereadora e presidente do PT em Guarulhos.

SiteLock