notíciasCidade

Mercado estável diminui o valor dos aluguéis

11/01/2017 9:15 AM / Raphael Pozzi / Atualizado em 11/01/2017 9:16 am

Guarulhos fechou 2016 com alta de 0,37% nos preços dos imóveis, segundo o Índice FipeZap. O levantamento,  feito mensalmente, aponta queda no valor dos aluguéis, isso na Capital, onde o instituto realiza a pesquisa. Segundo especialistas escutados pela reportagem, o movimento foi o mesmo por aqui.

Isso quer dizer que se um consumidor comprasse uma casa por R$ 250 mil em dezembro de 2015, no último mês do ano passado este valor subiria quase R$ 1 mil. Por conta da alta, ainda que pequena, houve redução nos valores de locação. O último levantamento do FipeZap realizado na Capital mostra que os valores caíram 1,95%. Se uma pessoa alugou uma casa pelo valor de R$ 2.000 em dezembro de 2015, ao fim do décimo primeiro mês de 2016 poderia pagar R$ 1.960. Isso resultaria em uma economia de R$ 480 ao fim de doze meses.

Segundo o advogado especialista em direito imobiliário João Henrique Storopoli, isso aconteceu porque o estoque de imóveis aumentou. “Poucos conseguem vender, então começaram a alugar mais”, explicou.

O especialista em direito imobiliário Marcos Velloza explicou que se a opção for por adquirir, o comprador tem que tomar cuidados. “Se está na planta, tem que pesquisar muito o passado da construtora e ter certeza de que ele vai ter condições de pagar em dia”, disse. No caso de locação, a vistoria do imóvel e o contrato bem redigido é fundamental. “Para não se ter surpresas depois”.

Empreendedor aproveitou a crise

O empreendedor Edison Ferreira aproveitou a queda nos valores de aluguel na cidade de São Paulo para criar uma plataforma on-line, a Lokkan, que se assemelha a uma imobiliária. “A gente aproxima locador de locatário. É possível que eles tenham algumas facilidades e não dependam de corretor”, explicou.

Além de agendarem visitas pelo site, o possível inquilino ainda tem a opção de ter um seguro fiança gratuito. “Basta que ele passe na análise de crédito”, afirmou. Segundo ele, a criação da plataforma em agosto se deu justamente pelo momento econômico delicado do País. “O financiamento, principalmente de imóveis, está muito difícil hoje. Há uma tendência na locação”, comentou. A Lokkan funciona na Capital e na Grande São Paulo.

SiteLock