notíciasCidade

Oposição ‘surfa’ em crise caótica da Saúde Pública

19/05/2017 9:34 AM / Eurico Cruz / Atualizado em 22/05/2017 9:37 am

Aplaudidos por uma plateia de ex-comissionados da antiga gestão, que não receberam as verbas rescisórias, os vereadores petistas aproveitaram a sessão de quinta-feira, 18, para provocar os vereadores da base e criticar a terceirização de hospitais por meio do contrato emergencial feito com o Instituto Gerir.

O vereador Zé Luiz (PT) e o líder de governo, Eduardo Carneiro (PSB), chegaram a ter uma discussão acalorada após o petista considerar que Carneiro teria intimidado o conselheiro municipal de Saúde, Pedro Gomes, e,  na tribuna, acusou o prefeito Guti (PSB) de abandonar a Saúde Pública – com diversos óbitos ocorridos no Hospital Municipal de Urgência (HMU) – e também os servidores do setor.

Carneiro pediu que a fala de Pedro fosse encaminhada à Secretaria de Saúde e ao Gerir para explicações e disse que, se nada fosse cobrado, Gomes poderia ser responsabilizado por suas ações. Ao defender o líder, o vereador Thiago Surfista criou uma indisposição com Rômulo Ornelas (PT) e a sessão foi encerrada.

Tensão – O vereador Zé Luiz (PT) e o líder de governo, Eduardo Carneiro (PT), chegaram a ter uma discussão acalorada (Foto: Lucas Dantas)

SiteLock