notíciasCidade

Outono requer cuidado com saúde dos pequenos

18/05/2017 6:17 AM / Alfredo Henrique / Atualizado em 19/05/2017 10:05 am

O outono é conhecido, e sentido, por conta da queda na temperatura, que fica mais amena, ajudando na preparação para a chegada da “friaca” de inverno. Porém, a estação em que as árvores perdem as folhas também é conhecida pelo clima seco – exigindo atenção redobrada com a proliferação de doenças respiratórias, principalmente em crianças.

Segundo a médica pediatra emergencista Karen Schumiski, a bronquiolite é uma infecção de via respiratória comum nesta época do ano. “Em crianças menores de dois anos, a infecção pode ser pior, mais grave”. Ela explicou que a secreção produzida por causa da doença, em alguns casos, não é expelida pela criança, por “não ter força muscular para cuspir”, fazendo com que haja acúmulo de catarro no peito.

Para crianças que ainda não falam, a médica orienta observar alguns sintomas. “Se a febre durar mais de 72 horas, se houver muita tosse e sinais de cansaço, é indicado que um hospital seja procurado”, disse Karen.

Outros problemas comuns entre as crianças no outono são vômito, diarreia, crises de asma e, claro, gripe.

Karen acrescentou que a procura por ajuda durante os plantões no pronto-socorro onde atende dobra e até triplica nesta época do ano.

Friozinho – Clima temperado da estação costuma ter temperaturas mais baixas nos fins de tarde e à noite (Foto: Lucas Dantas)

Dicas para minimizar os problemas

A clínica-geral Ligia Brito, do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, dá algumas dicas para minimizar problemas de saúde decorrentes do clima de outono. “Shoppings, supermercados, transportes públicos e outros locais onde há um grande aglomerado de pessoas são meios de transmissão dessas doenças, pois, em sua maioria, estão fechados e sem a circulação ideal de ar”, disse.

Para evitar a gripe, a médica orienta que lenços descartáveis sejam usados para higiene nasal; redução de contatos sociais desnecessários; evitar, dentro do possível, ambientes com aglomeração e fechados; manter distância de indivíduos com sintomas gripais; e lavar as mãos com frequência.

SiteLock