notíciasCidade

Polícia Militar estoura fábrica clandestina de cosméticos

13/09/2017 9:31 AM / Alfredo Henrique / Atualizado em 13/09/2017 9:31 am

Policiais militares estouraram uma fábrica clandestina de produtos de beleza. Um químico de 40 anos e seu genro, de 27, foram indiciados em flagrante por falsificação, corrupção e adulteração de produtos terapêuticos e medicinais. O caso foi registrado no 9º DP (Região Taboão).  Os produtos eram vendidos a salões de beleza da região.

Segundo um soldado da 3ª Companhia do 15º Batalhão da PM, que participou da ação, uma denúncia indicou que em uma residência na Rua Ipauçu, Jardim Bela Vista (Região Pimentas), havia “movimentação suspeita”. “Começamos a fazer rondas na região e, sempre que os suspeitos viam a viatura, ou entravam em um carro e saiam, ou ainda entravam na casa”, relatou o policial.

Terça-feira, 12, a Polícia Militar abordou os suspeitos. De acordo com o soldado, a casa aparentava estar abandonada.

SiteLock