Connect with us

Goals; Jogo Play-To-Earn promete ser o futuro dos Videogames de Futebol

Esportes

Goals; Jogo Play-To-Earn promete ser o futuro dos Videogames de Futebol

Em um mercado de games de futebol que se vê completamente dominado pelo FIFA e pelo eFootball (antigo PES), pouco se tem notícia de novos jogos a serem lançados para bater de frente com esses dois nomes. No entanto, com o surgimento dos games play-to-earn e jogos Blockchain, isso pode mudar de figura. Isso porque, está em desenvolvimento o Goals, jogo de futebol grátis que promete trazer uma experiência NFT aos jogadores.

Partindo de uma iniciativa do ex-pro player de CS:GO, Andreas Thorstensson, que também ajudou a fundar a organização SK Gaming, o Goals surge com a proposta inovadora de trazer o modo Play-To-Earn aos games de esporte.

Algo parecido já existe com a plataforma Sorare, no entanto, o Goals não irá trazer jogadores reais para seu game, tendo também a possibilidade de se existir uma gameplay.

Gameplay na contramão dos jogos de futebol da atualidade

Um dos atrativos que é prometido pelos desenvolvedores do Goals, é a diferença de mecânicas e gameplays que irão chegar em comparação aos jogos mais consolidados do esporte.

Diferente da realidade que o FIFA e o eFootball tenta trazer para suas partidas, o Goals deve apostar em uma mecânica de jogo mais “arcade”, deixando de lado o realismo trazendo movimentos mais suaves e com mais tempo de resposta.

O jogo também contará com a possibilidade de manutenção de clube em um ambiente online, possibilitando a inclusão e o crossplay entre jogadores em um servidor que promete ser inovador, com o objetivo de fornecer uma experiência sem lags, além de partidas competitivas.

Tendo atletas “de mentira” o Goals vai trazer ao player um sistema de DNA único na criação dos jogadores de futebol. A partir de uma mecânica de genética que ainda não foi muito bem explicada, cada jogador irá surgir com aparência e atributos únicos. Isso abre margem também para o desenvolvimento de seus personagens, que assim como na vida real poderão ter toda carreira e uma vida, passando até pela aposentadoria.

O público árduo que espera a alguns anos um jogo que quebre os padrões já impostos em cima de games de futebol, no entanto, terá de aguardar ainda um bom tempo para testar o Goals. Isso porque recentemente os desenvolvedores declararam que ainda faltam “alguns anos” para o jogo tomar toda sua forma.

Futebol e NFT

Segundo os desenvolvedores, os tokens não fungíveis (NFTs) presentes no Goals serão desde chuteiras e uniformes, até meiões e customizações próprias de jogadores.

Os itens serão negociados e obtidos dentro da própria plataforma do jogo, ou seja, não existiram microtransações, algo muito criticado por toda a comunidade, principalmente no FIFA, que é acusado de “caça níquel“.

O lucro para a empresa desenvolvedora vira a partir de royalties, que serão descontados entre as transações dos usuários. Fazendo assim que a proposta de Free to Play seja elevada ao seu máximo, tendo parte desse dinheiro inclusive sendo convertido para premiações em torneios online que ocorrerão no futuro quando o game for lançado.

 

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

To Top