Connect with us

NFTs chegam as pistas de corrida do Brasil

Esportes

NFTs chegam as pistas de corrida do Brasil

Nos dias 11 e 12 de junho foi disputada a terceira etapa da Porsche Cup, evento automobilístico que reúne os melhores corredores da categoria. Disputada em Interlagos a etapa contou com a estreia da plataforma Mine, que visa o apoio às corridas por meio de NFTs.

A iniciativa tomou forma ainda na primeira etapa disputada em Goiânia, quando o piloto Rodrigo Mello foi à pista com um carro customizado com símbolos QR Codes, que caso escaneados seriam associados aos tokens não fungíveis lançados semanas depois.

200 tokens intitulados de ‘Memberships NFTs‘ foram disponibilizados para compra pela média de 2 mil reais. Os NFTs eram uma espécie de modelo dos Porsches utilizados por Rodrigo Mello por todo o campeonato.

Os benefícios do NFT da Porsche Cup

O projeto do NFT do torneio teve justamente a parceria e idealização de Rodrigo Mello, que focou na arrecadação de fundos de investimento para o esporte no geral, buscando também a inclusão de novos telespectadores não só ao mundo das corridas, como da web3.

Aqueles que se tornarem donos dos tokens não fungíveis, serão como uma espécie de patrocinadores individuais da categoria, recebendo então benefícios exclusivos.

Desviando do patrocínio “clássico”, essa espécie de verdadeiro investimento que será ao comprador, dará ao mesmo também acesso aos bastidores do universo automobilístico.

Se tornando um ‘Membro do Clube de Benefícios“, o proprietário de um dos NFTs vai poder contar com ingressos em camarotes vips em eventos como o GP de São Paulo, lives com a tecnologia 360° de dentro de carros de corrida da Porsche e aulas de kart instruídas por campeões mundiais como Ruben Carrapatoso.

Além de tudo isso, os compradores também ganharam um personagem ao melhor estilo realidade virtual, onde irá usá-lo para disputar provas virtuais da Porsche Club, que renderá ao vencedor ainda mais prêmios e benefícios exclusivos, e o principal de todos, uma volta dentro de um dos carros do circuito do torneio.

Rodrigo Mello comentou sobre a iniciativa que passou a fazer, parte sendo sócio ativo, exaltando a empolgação de ter corrido e ao mesmo tempo ter ajudado uma causa da qual se inclui.

“Além de toda a empolgação com a corrida, tem também o lançamento do nosso projeto com a Mine, sobre os NFT’s do carro, foi algo inovador e estou contente em poder estrear ele em Interlagos, o templo do automobilismo nacional”, analisou.

O piloto ainda disse que o projeto é sobre os fãs se sentirem incluídos em um setor do esporte que atualmente é muito exclusivo e que favorece aqueles com mais capacidade de investimento e renda.

“Isso tem tudo a ver, os fãs podem se aproximar ainda mais do automobilismo e a ideia do projeto com a Mine é realizar esses sonhos dos fãs que querem estar cada dia mais perto do nosso esporte. Eu já estive do lado deles e hoje, graças a Deus, posso realizar esse sonho de correr e ajudar outras pessoas a realizarem os sonhos também”, completou Rodrigo.

 

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

To Top