Connect with us

Grande liga de futebol da Europa está em busca de patrocínios com NFT

Economia

Grande liga de futebol da Europa está em busca de patrocínios com NFT

Os NFTs e Fantasy Games em Blockchain envolvendo esportes vem dominando o mercado no segmento de Token Não Fungiveis. Prova disso é o sucesso de jogos como Sorare e NBA Top Shot, que hoje são referência não só em seu nicho, mas também, para os NFTs no geral. Tendo esse hype em vista, a Liga Portuguesa de Futebol está em busca de um parceiro na área de produção de NFTs e Fantasy Game da competição.

O projeto é de receber propostas referentes às temporadas 2022-23 a 2024-25 da Liga, para a criação de um Fantasy Game exclusivo ou coletânea de NFTs.

Ainda não existem apontamentos nem empresas que saem na frente quanto a preferência da federação portuguesa em conjunto com os times da primeira e segunda divisão do país. No entanto, claro que a Sorare aparece no radar por já estar consolidada no mercado Blockchain e inclusive manter parceria com times portugueses, como é o caso de Benfica, Porto e Braga, 3 dos grandes do futebol português.

O objetivo da introdução do NFT no futebol português

De acordo com entrevistas cedidas pela Liga Portugal, ao blog ‘Máquina do Esporte’ o projeto tem como base uma proposta de internacionalização da marca do torneio, que apesar da tradição de times vencedores, craques que marcaram época e jovens promessas, está longe do cenário de visibilidade de campeonatos como o inglês, alemão, francês, italiano e espanhol, esses que são chamados como 5 Principais Grandes Ligas.

Além disso, a liga tem como objetivo abrir candidaturas não só para empresas Blockchains do exterior, como também de Portugal, visando incentivar o tipo de investimento que hoje domina o mercado no país luso.

Apesar de apresentar um projeto de oportunidades, a federação espera candidatos que conte com experiência no ramo, o que acaba sendo difícil para startups que apesar de promissoras, não contam com um grande currículo.

A web3 no futebol português

Apesar dessa busca por internacionalização e modernidade do futebol português, a tecnologia Web3 já está presente a algum tempo no país.

O Porto, por exemplo, um dos maiores clubes portugueses, foi um dos primeiros no mundo a iniciar um projeto de construção de seu estádio totalmente no Metaverso.

A ativação está em desenvolvimento, e faz parte de uma iniciativa de recriação de toda uma região de Portugal no Metaverso, que inclui o Estádio do Dragão, onde joga o Porto.

Além disso, boa parte da liga portuguesa, sendo seus times e atletas estão presentes no game Sorare, onde podem ser utilizados e comprados pelos usuários na montagem de seus times e coleções de cards NFTs do Fantasy Game mais popular do planeta.

Além de jogadores atuais, lendas com passagem pela liga, como Deco, brasileiro naturalizado português, está presente no game em forma de card especial, mais valioso do que os comuns.

A expectativa é de que em breve diversas outras ligas ao redor do mundo, inclusive o Brasil, adotem o estilo de investimento de forma consolidada, para a inserção total no ambiente web3.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

To Top