Connect with us

Donos do Fan Token do Flamengo vão jogar partida com ídolos do clube

Fan Token do Flamengo

Economia

Donos do Fan Token do Flamengo vão jogar partida com ídolos do clube

A Socios, uma das maiores plataformas de criptomoedas do mundo, anunciou que 26 donos do Fan Token do Flamengo, o $MENGO, vão jogar uma partida com ídolos do clube. O jogo no dia 30 de julho, no Estádio da Gávea, celebra os 30 anos da conquista do pentacampeonato brasileiro pelo Rubro-Negro. Os fãs vão entrar em campo com quatro ex-atletas que participaram do time de campeão de 1992

Felipe Ribble, diretor de desenvolvimento de negócios da plataforma, fez o anúncio na sua página do Linkedin, afirmando que essa é a maior ativação da Socios no Brasil até o momento. “Agora, a Socios tem um time de pessoas incrível 100% focado no país e ao longo deste segundo semestre teremos outras ações como esta, além de muitas novidades, sempre com foco em entregar experiências exclusivas para os fan token holders. É só o começo!”, afirmou Ribble. 

Em entrevista ao Cointelegraph no final de julho, o diretor já havia comentado sobre a partida. Ele também afirmou que este jogo era o ponto de partida para diversas experiências imersivas que a plataforma realizaria para donos de Fan Tokens esportivos. 

A Socios tem Fan Tokens em parceria com diversos times do mundo, incluindo clubes brasileiros. Além do Flamengo, a plataforma criou tokens do Atlético Mineiro, Bahia, Corinthians, Fluminense, Internacional, Palmeiras, São Paulo e Vasco da Gama.

Os tokens destes times permitem que seus usuários participem de votações com decisões do time, como qual música vai tocar durante os treinos e o layout de camisas oficiais. 

NFTs do Flamengo

O $MENGO não é a única participação do Flamengo no mundo da Web3. A Tero Labs lançou o projeto Rough Diamonds (Diamantes Brutos), uma coleção exclusiva de NFTs homenageando promessas do futebol brasileiro. Três jogadores do Flamengo foram incluídos: Matheus França, Felipe Lima e Matheus Gonçalves. 

O CEO da Tero Labs, Bruno Pessoa, explicou que, por serem raros, os NFTs vão permitir que seus donos tenham uma relação mais próxima com os atletas, tornando-se uma espécie de sócios dos jogadores.

Fan Tokens esportivos

O universo dos esportes tem investido muito nas criptomoedas e nos NFTs nos últimos anos. No Brasil, diversos clubes criaram seus próprios Fan Tokens e vários atletas lançaram seus NFTs. Recentemente, o ex-jogador do Atlético Mineiro, Reinaldo, lançou sua coleção de tokens não fungíveis. 

Porém, mesmo sendo uma área lucrativa, Fan Tokens esportivos também têm sofrido com o inverno cripto. Desde seu lançamento, a maioria dos ativos digitais caiu drasticamente de preço. O $MENGO, por exemplo, estava avaliado em $2 quando foi lançado em outubro do ano passado. Em novembro, o token chegou a valer $3,94. No momento desta publicação, o $MENGO estava avaliado em aproximadamente $0,2.

Em entrevista ao Globo Esporte, o professor de finanças do Insper, Ricardo Rocha, explicou que a guerra na Ucrânia tem a ver com essa crise. Segundo Rocha, em momentos de instabilidade econômica, investidores preferem migrar seus recursos para ativos mais sólidos e tradicionais, ao invés de ativos mais voláteis como as criptomoedas de times. “Por isso que o torcedor tem de curtir o negócio de comprar o token. Não fica olhando todo dia, sofre com o jogo que já está bom”, afirmou o professor. 

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

To Top